25 de Abril de 2019

Rachel Talalay está trazendo à vida a refrescante série de livros infantis do autor Joe Ballarini, “A Babysitter’s Guide to Monster Hunting“, em um filme original da Netflix. Talalay está dirigindo, e Ballarini está escrevendo o roteiro. Existem três livros da série. O primeiro é auto-intitulado, seguido pelo volume 2, “Beasts & Geeks,” e volume 3, “Mission to Monster Island”. O filme deve apenas adaptar o primeiro livro, porém, se a adaptação for um sucesso, os outros livros deverão ser adaptados.

Descrição do enredo:

Quando a babá Kelly Ferguson é sequestrada por monstros, Kelly é recrutada por uma sociedade secreta de babás que protegem crianças destinadas a mudar o mundo.

Confira a capa e a sinopse do primeiro livro:

Resultado de imagem para Joe Ballarini a babysitters guide

“O livro é sobre uma babá apática que não gosta muito de crianças e fica horrorizada ao descobrir que a criança para a qual ela está sentada foi roubada por monstros. É responsabilidade dela, junto com uma sociedade secreta de babás que batalham contra as criaturas da noite, para salvar a criança e o mundo das coisas que acontecem durante a noite. ”

Os créditos de Talalay incluem episódios de ‘American Gods‘, ‘Chilling Adventures of Sabrina‘, ‘Doctor Who‘, ‘Doom Patrol‘, ‘The Flash‘, ‘Iron Fist‘, ‘Legends of Tomorrow‘, ‘Riverdale‘, ‘Sherlock‘, ‘Supergirl‘, entre outros. Em um ponto, ela estava sob consideração para comandar a ‘Capitã Marvel‘. Ela tem experiência em abordar temas assustadores, com seu primeiro filme sendo ‘Freddy’s Dead: The Final Nightmare‘.

Além de escrever os livros ‘Babysitter’s Guide to Monster Hunting’, Ballarini é roteirista e diretor. Ele co-escreveu o roteiro de ‘My Little Pony: O Filme’ e um episódio de ‘Be Cool, Scooby-Doo!’. Ele também co-escreveu e dirigiu a comédia ‘Pai vs. Filho’.

Ivan Reitman e Amie Karp produzirão, com Naia Cucukov, da Walden Media, Tom Pollock e Ilona Herzberg, como produtores executivos.

O filme ainda não tem data de estreia.

postado por lucasadminst
compartilhe o post:  
comentários