13 de Dezembro de 2018
Uma estagiária ambiciosa. Um executivo perfeccionista. E um relacionamento ardente e totalmente perigoso! Esperta, dedicada, prestes a cursar um MBA, Chloe Mills tem apenas um único problema: seu chefe, Bennet Ryan. Ele é exigente, insensível, sem consideração - e completamente irresistível. Um belo cretino. Bennet acaba de retornar da França para assumir um cargo importante na empresa de comunicações de sua família. Mas o que ele não poderia imaginar era que a pessoa que o ajudava enquanto ele estava no exterior era essa criatura linda, provocadora e totalmente irritante que agora ele tem de ver todos os dias. Ele nunca foi do tipo que se envolve em relacionamentos no ambiente de trabalho, mas Chloe é tão tentadora que ele está disposto a flexibilizar essa regra - ou quebrá-la de uma vez - para tê-la.

l RESENHA: CRETINO IRRESISTIVEL – Christina Lauren

Editora: Universo dos Livros

Páginas: 272

Nota: 4.0 / 5.0

Se você achou que a proposta do livro é a mesma do sucesso literário Cinquenta Tons de Cinza, fique sabendo que isso não é a única coisa que eles têm em comum. Cretino Irresistível e Cinquenta Tons de Cinza são duas fanfics inspiradas pela mesma história, Crepúsculo! Isso mesmo, você não leu errado, a série de livros vampirescos que ganhou o mundo há alguns anos, foi a grande base para essas duas histórias que hoje carrega um grande número de fãs.

Cretino Irresistível foi inicialmente intitulado como “The Office”, que fez tanto sucesso na época que acabou despertando o interesse de algumas editoras e logo ganhou as prateleiras de milhares de livrarias. Christina Hoobs e Lauren Billings realmente fizeram um excelente trabalho e passaram a usar o pseudônimo Christina Lauren, como forma de representar a união das autoras.

A trama gira em torno de Chloe Mils, a estagiária “esquentada”, e Bennet Ryan, o chefe cretino, e posso dizer que eles são de tirar o folego. Os protagonistas têm histórias separadas e muito bem ditadas no livro, e isso é ótimo, pois nos faz ligar o livro com a realidade mostrando problemas sociais que muitos já viveram, independente da classe social, e mesmo com uma desavença gigantesca que os rodeia, o desejo sempre vem em primeiro lugar.

Enquanto Cinquenta Tons de Cinza demorou alguns capítulos para os protagonistas chegar nos finalmente, Cretino Irresistível trouxe toda a sua pretensão sexual logo no primeiro capítulo, e enganasse quem acha que o livro se tornou superficial. Os protagonistas são muito bem descritos, e os acontecimentos que causam tal ação são pensados estrategicamente pelas autoras, sem deixar o clima pesado ou exagerado.

— Vá se foder.
— É só você pedir.

Chloe e Bennet com certeza faz parte do clube dos protagonistas clichês, mas as autoras conseguiram modifica-los através de suas personalidades. Chloe é forte e decidida, e quando você pensar que já sabe tudo sobre ela e principalmente sobre suas escolhas, eu posso afirmar que você será surpreendido, Chloe é persistente e sabe como conseguir as coisas, mesmo quando coloca tudo a perder. Já Bennet é rancoroso e controlador, mas não de uma maneira comum, mas sim de uma forma sexualmente selvagem, e por mais que suas personalidades se pareçam contraditórias, o casal nos mostra que tem tudo para dar certo!

Então, o fato era o seguinte: eu me senti possessivo em relação a ela. Não de um jeito romântico, mas de um jeito troglodita do tipo “golpeie-a na cabeça, arraste-a pelo cabelo até a caverna e transe com ela”. Como se ela fosse meu brinquedo e eu tivesse de manter os outros meninos do parquinho longe dela. Isso não é doentiu? Se a Srta. Mills me ouvisse admitir isso, ela cortaria o meu saco e me daria para comer.

A trama basicamente acontece por causa de um acontecimento engraçado e trágico – pelo menos para Bennet – no primeiro capítulo. Chloe, com toda a sua natureza rebelde, faz sexo com seu chefe de uma maneira muito ousada, mas se você espera uma protagonista pura e inocente, é melhor seguir a Ariana Grande e Thank u, next! Chloe é o tipo de garota que sabe fazer um bom trabalho, é tão esperta que faz Bennet sentir o gosto de “quero mais” literalmente, mas isso já fazia parte do plano.

Nossos corpos estavam tão sincronizados que eu reagia a cada olhar, cada toque e cada som dele. Eu, ao mesmo tempo, amava e odiava o que ele me fazia sentir. Eu nunca tinha sido alguém que perde o controle facilmente, mas quando ele me tocava daquele jeito eu simplesmente jogava tudo pela janela, tudo o que eu fora. 

O livro é construído quase inteiramente por cenas de sexo, mas a história é superdivertida e instigante, e nos faz querer ler toda a série. Sim! Cretino Irresistível faz parte de uma série composta por mais de dez livros, mas calma, cada livro é centrado em um casal diferente e no fim tudo é perfeitamente interligado, fazendo com que o leitor faça parte daquele mundo promiscuo e desejado.

Christina e Lauren tem uma escrita bem desenvolvida e fluente, as coisas acontecem rapidamente e as autoras conseguem interligar todos os capítulos de uma forma tão instigante que nos faz devorar o livro em poucas horas ou dias. A história é simples, mas logo na primeira leitura você consegue enxergar o objetivo do livro, que é criar um grupo de amigos onde cada um será descoberto pelo leitor no decorrer dos livros. Cretino Irresistível consegue preencher alguns erros de Cinquenta Tons, mas muitas vezes crias seus próprios erros, porém, não se preocupe, isso não irá atrapalhar a leitura e nem mesmo o amor que você irá construir pela história!

DÊ UMA CHANCE!

postado por lucasadminst
compartilhe o post:  
comentários